quinta-feira, 9 de junho de 2011


Daqui a 50 anos eu ainda vou saber seu nome e vou me lembrar de todas as vezes que você me fez sorrir. Na minha memória, tão congestionada - e no meu coração - tão cheio de marcas e poços - você ocupa um dos lugares mais bonitos.


Caio F.

Um comentário:

Gabriela F disse...

Ah Caio, como me vejo nas palavras do grande!