quarta-feira, 13 de julho de 2011

Leva do meu peito, as lembranças que invadem


O tempo passa, as marcas ficam. Nada se esquece por completo, mas a gente sempre faz uma força para tentar esquecer completamente. Os primeiros dias dói, dói muito, mas depois você aprende a conviver com aquilo e começa a fazer parte da sua rotina, e em alguma hora do dia, aquilo vem e fica martelando na sua cabeça, e a ferida volta a se abrir, e causa dor, muita dor. Eu só queria poder parar, e chorar. Mas já não há mas lágrimas em mim, todas foram secadas. Com o impacto da queda, aprendi a ser forte, aprendi a ser fria, e nada mais me abala. Somente o tempo cura, e só a morte nos faz esquecer completamente (:

@_nathaliaortiz

2 comentários:

Gabriela Freitas disse...

não sei ainda o que é melhor, aceitar ou ir atrás...

 Jéssica Oliver disse...

Belo texto Nathi.
O tempo não faz com que a gente esqueça nada, só muda as nossas prioridades. :)